quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

História do vestido de papel, estratégia para vender fraldas descartáveis.
























O vestido de papel foi usado como uma estratégia de marketing nos anos 60 pela Scottpaper Company, é surpreendente que depois disto foi aceito pelos consumidores cada vez mais exigentes ...gratificação instantânea....nada mal para desenvolver mais papéis resistentes para a fabricação de fraldas descartáveis, pratos e talheres, vc usa e joga fora.
Ulálá....mas ficou apenas no uso hoje de tecidos empapelados para entretelas de golas punhos e modelos que exigem estrutura como a alfaiataria.
É também comum e muito utilizado como vestimentas descartáveis para pacientes hospitalizados e em macas de consultórios médicos....são descartáveis.
Anos 60 foi da ousadia, da mini-saia de idéias novas na Moda e o papel não foi exceção, hoje não seria nada inteligente ter vestidos impermeáveis (bem que poderia ser biodegradáveis) com produtos quimicos para evitar o fogo e que não rasguem facilmente, existem limitações físicas e nada com um toque macio do algodão, da viscose....sempre fiquei imaginando na pré-história das roupas de pele.....é tanta história, pois as mulheres gastavam os dentes amaciando estas peles.....técnica usada ainda hoje em algumas aldeias frias geladas e congelantes .

fonte : O Vestido
Samantha Mancelo

5 comentários:

  1. Gostei de saber tudo isso sobre vestidos de papel.Tem modelos bem bacanas.
    Tenhas uma ótima noite, Gil. Bjs

    ResponderExcluir
  2. eu usaria na boaa!! qndo tirasse embolava e jogava no lixo!

    bjoss...

    ResponderExcluir
  3. Cada modelo lindo! Nem parece ser de papel!
    Amei o post!
    beijos e bom fds!

    ResponderExcluir
  4. Nossa.. um mais lindo q o outroo!
    adoreii!


    www.makeupdebombom.blogspot.com

    bjinhos...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails