domingo, 27 de fevereiro de 2011

História do vidro, reciclagem, vidro e meio ambiente, história...customização das garrafas

diaadiaartistaamadora.blogspot.com


claudinha-mimosdearte.blogspot.com



solostocks.com



fotobank.ru



wp.clicrbs.com.br



reciclaedecora.com






zing.vnt





organizacao-domestica.com negocioganhar.dinheiro.com



houzz.com






mireille.romandie.com






granfina.blogspot.com



forums.supertoinette.com









creavea.com





album.aufeminin.com



ecocentrico.com




cafezinhodascinco.blogspot.com



blogcarolcarneiro.blogspot.com



bruna-elcio.blogspot.com



barbabricole.blogspot.com



emili3001.skyrock.com



blogdareforma.wordpress.com



decoracaodeaaz.blogspot.com



constancezah.com



arte-de-fazer-artesanato.blogspot.com

Uma garrafa de vidro vai demorar 1 milhão de ano para desintegrar , no entanto é o mais reciclável.


Quando trocávamos as garrafas nos supermercados, o próprio caminhão que entregava as garrafas cheias as recolhiam, levavam de volta a fabrica para o reuso, no entanto a água, cloro como ficava no meio ambiente?




é duvidoso a arte nas garrafas, mas é o sustento de varios artesões, como andei lendo para postar, eu amo reciclar garrafas....não é meu sustento...mas é um lazer....qualidade de vida...




VIDRO E O MEIO AMBIENTE



Ainda não se pode determinar o tempo que o vidro fica exposto no meio ambiente sem se degradar.
O vidro é um material que não se pode determinar o tempo de permanência no meio ambiente sem se degradar, e também não é nocivo diretamente ao meio ambiente, por isso é um dos materiais mais recicláveis que existe no consumo humano[4]. Para minimizar as emissões gasosas dos fornos a gás, as indústrias utilizam gás natural, que provoca menor impacto no meio ambiente
Lixo separador de vidros verde, incolor e âmbar


RECICLAGEM DO VIDRO




A Reciclagem do vidro é o processo pelo qual o vidro é reaproveitado para criar novos materiais, o processo se dá basicamente derretento o vidro para sua reutilização. Dependendo da finalidade do seu uso, pode ser necessário separá-lo em cores diferentes. As três cores principais são:
Vidro incolor
Vidro verde
Vidro marrom/âmbar





Os componentes de vidro decorrentes de lixo municipal (lixo doméstico e lixo comercial) são geralmente: garrafas, artigos de vidro quebrados, lâmpada incandescente, potes de alimentos e outros tipos de materiais de vidro. A reciclagem de vidro implica um gasto de energia consideravelmente menor do que a sua manufatura através de areia, calcário e carbonato de sódio. O vidro pronto para ser novamente derretido é chamado de cullet.

História



Os povos que disputam a primazia da invenção do vidro são os egípcios e os fenícios. Segundo a Enciclopédia Trópico: “Os fenícios contam que ao voltarem à pátria, do Egito, pararam às margens do Rio Belus, e pousaram sacos que traziam às costas, que estavam cheios de natrão (carbonato de sódio natural, que eles usavam para tingir ). Acenderam o fogo com lenha, e empregaram os pedaços mais grossos de natrão para neles apoiar os vasos onde deviam cozer animais caçados. Comeram e deitaram-se, adormeceram e deixaram o fogo aceso. Quando acordaram, em lugar das pedras de natrão encontraram blocos brilhantes e transparentes, que pareciam enormes pedras preciosas. Um deles, o sábio Zelu, chefe da caravana, percebeu que sob os blocos de natrão, a areia também desaparecera. Os fogos foram reacesos, e durante a tarde, uma esteira de liquido rubro e fumegante escorreu das cinzas. Antes que a areia incandescente se solidificasse, Zelu plasmou, com uma faca aquele líquido e com ele formou uma empola tão maravilhosa que arrancou gritos de espanto dos mercadores fenícios. O vidro estava descoberto.” Esta é uma versão um tanto lendária. Mas, notícias mais verossímeis, relatam que o vidro surgiu pelo menos 4.000 anos A.C.. Julga-se entretanto que os egípcios começaram a soprar o vidro em 1.400 A. C., dedicando-se, acima de tudo, a produção de pequenos objetos artísticos e decorativos, muitas vezes eram confundidos com belas pedras preciosas. Sua decomposição é de 4000 anos. A cada 1000 kg de vidro leva-se 1300 kg de areia.





O Japão recicla praticamente tudo, inclusive as belas embalagens de bebidas alcóolicas.


Porém o processo de reciclagem também demanda recursos naturais: água, eletricidade, queima de combustíveis no recolhimento/transporte de embalagens, etc.


Ou seja, também é preciso diminuir a necessidade de reciclagem ou torná-la mais simples e menos onerosa à natureza.


A solução encontrada?


Refil para bebidas.

12 comentários:

  1. Oi Gil! muito obrigado pela citação e divulgação da idéia do refil. É tudo questão de costume né... e o meio ambiente agradece, do jeito que tá não dá...

    muito obrigado!
    bjs e bom dia, adorei seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Post bárbaro! Adorei todas as customizações (existe essa palavra??). Mas a segunda foto me encantou!! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Gostei especialmente dos lustres. Fantásticos!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Gil!!!!Que bom q está seguindo meu humilde blog,visitei o seu e simplismente a m e i!!!!Muito lindo,e é limão,por incrível q pareça,fui em uma segunda médica e ela logo q viu já falou q tinha mexido com limão,ela disse q ela já teve e é assim mesmo,mas tá tudo bem agora,já está descascando,bjs linda,agora vou passear pelo seu blog xaaau!!!

    ResponderExcluir
  5. adorei as ideias!!!!!!!!!!!!
    tantas para usar no verão !
    bigada!
    happy night
    Rosa

    ResponderExcluir
  6. Post fantástico!!!! Mas mais legal ainda pra mim... porque estou nele!!!
    Obrigado pelo incentivo!!!
    BEijos!!!

    ResponderExcluir
  7. Boa demais essa sua postagem sobre o vidro, cada maravilha que da pra fazer ne,e pensar que jogam fora...bom eu guardo todos e sempre que posso reciclo fazendo alguma coisa bonitinha.Parabens Gil.
    bjkas

    ResponderExcluir
  8. Olá Gil, eu tenho tantas garrafas de azeite de oliva, ou de vinagre, geléias, uma com formato mais lindo que o outro e tenho pena de jogar nas lixeiras de vidro que tem aqui perto de casa! Vendo as fotos, me deu muitas idéias para deixá-las lindas! Obrigada pelas maravilhosas dicas! Beijos e um ótimo dia.

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Com o charme que algumas garrafas possuem fica mais fácil decorar.
    Beijos
    Clau

    ResponderExcluir
  10. Gil,
    Que post maravilhoso!!!
    Um charme só estas garrafas. Atualmente antes de comprar o azeite de oliva já escolho pela garrafas rsrs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá Gil,
    que prazer conhecer um blog que trata de um assunto tão importante nas nossas vidas mas que infelizmente ainda não é levado a sério.
    Parabéns , já estou te seguindo , vou fazer uma propaganda do seu blog nos meus!!
    Visite-me também quando puder !
    Bjuuus até mais !!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails