sexta-feira, 2 de março de 2012

Vinil...pois bem decore sua festa, um relógio, tigelas, decore a parede, tantas ideias.........


 Vai rolar a festa com música e cupcake , docinhos e olhe como vai ficar charmoso...pura melodia!


 Não seria legal a antiga vitrola?


 Foi usado no casamento no lugar do livro de mensagens para os noivos, usaram caneta prata de retroprojetor fina e já estão com molduras, olhe a máquina de escrever....será que tem alguma mensagem dos noivos para os convidados, com certeza vão usa-los como decoração.


 Com as devidas assinaturas de presentes e mensagens para os noivos.....


 Ainda bem que não é de vinil, rs


 Com muita criatividade, gosto mais assim, a primeira imagem ganha pq tem o furinho, é só tirar dos pratos, pois eu tenho um desmontável e colocar o vinil, mas quem não tem, olha a solução.



 A mesa toda decorada com vinil e no centro colocaram algum papel, adesivo, seria legal adesivos com o nome dos noivos, com data de aniversariantes ou com o nome do evento....mas aqui só coordenaram as cores com a decoração.


 THE BEATLES!!!! A festa inteira Mania Girls, aqui vemos todos adesivos iguais


 No lugar do susplat....



 Que cantinho é este? violão, os banquinhos e a parede cantando....





 Postar isso é pura nostalgia!!!





 Organizador de cartões, blog nosso gente!!!
transformandocomcriatividade.blogspot.com


 Meu filho fez e não tem blog, rs, mas me disse que colocou em uma tigela de vidro e colocou no forno, rapidamente fica muito mole, cuidado e o que mais gostei como ele não gostou da forma que ficou, devolveu no forno e refez, falou que não fica perfeito, com todas curvas, mas eu ví e ficou muito bom...


 Relógio de vinil confesso que já ví


 Mas banquinho não, foi novidade


 Tutorial está aqui....precisa de dois e amoleceu com água quente...conforme o tutorial
http://www.diylife.com/2008/07/14/make-bookends-from-old-vinyl-records//


 Coloquei esta foto em seguida pq se olharmos acima, nos livros é o mesmo formato, porém não encontrei o tutorial, isto deve ser uma faixa colada e a resistência desta alça, pois não consigo ver furos que as prendam no vinil, só cola?




 http://tasketbasket.blogspot.com/2008/04/weird-sisters-record-purse.html



 Obra de arte esta foto

 Quem não viu, todo mundo né?

 Esta tb....

 Achei o máximo saindo da vitrola


 Será que é cortada a  laser, pq é tão perfeito, mas na ultima imagem tem uma pulseira que foi cortada com o estilete e tem o tutorial.






 Isto é um banco...
http://annekata.com/2010/10/make-a-recycled-wreath-from-a-vinyl-record-and-pattern-paper/









Esta pulseira tem tutorial:

http://www.craftbits.com/project/vinyl-lp-record-bangle/



A história toda do vinil no link......

http://pt.wikipedia.org/wiki/Disco_de_vinil


História


Discos de vinil
O disco de vinil surgiu no ano de 1948, tornando obsoletos os antigos discos de goma-laca de 78 rotações - RPM (rotações por minuto) -, que até então eram utilizados. Os discos de vinil são mais leves, maleáveis e resistentes a choques, quedas e manuseio (que deve ser feito sempre pelas bordas). Mas são melhores, principalmente, pela reprodução de um número maior de músicas - diferentemente dos discos antigos de 78 RPM - (ao invés de uma canção por face do disco), e, finalmente, pela sua excelência na qualidade sonora, além, é lógico, do atrativo de arte nas capas de fora.
A partir do final da década de 1980 e início da década de 1990, a invenção dos compact discs (CD) prometeu maior capacidade, durabilidade e clareza sonora, sem chiados, fazendo os discos de vinil ficarem obsoletos e desaparecerem quase por completo no fim do Século XX.
No Brasil
No Brasil, o LP começou a perder espaço em 1992. Em 1993 foram vendidos no Brasil 21 milhões de CDs, 17 milhões de LPs e 7 milhões defitas cassetes.
A partir de 1995, as vendas do LP declinaram acentuadamente em função da estabilização da moeda (consequência do Plano Real) e melhoria do poder aquisitivo da população, que permitiu a população adquirir mídias musicais mais modernas. Artistas que pertencem a grandes gravadoras, gravaram suas músicas em LP até 1997, e aos poucos, o bom e velho vinil saía das prateleiras do varejo fonográfico, mas retornou, timidamente, no final da primeira década do Século XXI.
Apesar disso, alguns audiófilos ainda preferem o vinil, por ser um meio de armazenamento bem mais fiel que o CD.
disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil, ou ainda Long Play (LP) é uma mídia desenvolvida no início da década de 1950 para a reprodução musical, que usa um material plástico chamado vinil.[1]
Trata-se de um disco de material plástico (normalmente cloreto de polivinila, ou PVC), usualmente de cor preta, que registra informações deáudio, as quais podem ser reproduzidas através de um toca-discos.
O disco de vinil possui micro-sulcos ou ranhuras em forma espiralada que conduzem a agulha do toca-discos da borda externa até o centro no sentido horário. Trata-se de uma gravação analógica, mecânica. Esses sulcos são microscópicos e fazem a agulha vibrar. Essa vibração é transformada em sinal elétrico. Este sinal elétrico é posteriormente amplificado e transformado em som audível (música).[2]
O vinil é um tipo de plástico muito delicado e qualquer arranhão pode tornar-se uma falha, a comprometer a qualidade sonora. Os discos precisam constantemente ser limpos e estar sempre livres de poeira, ser guardados sempre na posição vertical e dentro de sua capa e envelope de proteção (conhecidas, vulgarmente, como capa de dentro e de fora). A poeira é um dos piores inimigos do vinil, pois funciona como um abrasivo, a danificar tanto o disco como a agulha.




Fonte de imagens:

fuckyeahcraft.tumblr.com
designspongonline.com
hifiweddings.com
www.hostessblog.com
www.cakeeventsblog.com
beatlesfreshhomeideas.com
shannoneileenblog.typepad.com
retrotogo.com
fubiz.net
etsy.com
re-nest.com
flickr.com
forumbrico.fr
pitlife.com
tuppencehapennyvintage.blogspot.com
weheartit.com
bluecaravanblog.wordpress.com
paulvillinski.com
pavel-sidorenko.com
toxel.com
shoponyourdoorstep.com
picsy.com
shannoeileenblog.typepad.com
crafitbits.com
casasugar.com


2 comentários:

  1. Oi Gil!

    Um objeto e mil ideias... muito legal!!! E eu, que ainda sou da época do vinil, senti uma pontinha de saudade!!! rsrsrrs

    Bjsss

    Lu

    ResponderExcluir
  2. Olá Gil...
    Criatividade fantástica.
    Tenho um monte desses em casa e me falta o aparelho para ouvi-los.
    Grandes ideias.Gostei.
    O bolo ficou muito dez.
    bjão
    Mari

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails