domingo, 30 de janeiro de 2011

Roupas, como alvejar, sem estragar....tirar manchas


É poesia ler a roupa, branca, limpa, passada.
Sentir o perfume da roupa lavada.
É romantico as lavadeiras nas pedras.
Ouvir o seu canto.
O seu lamento da volta.....pra casa.
O cansaço....
Do sabão de gordura e cinza,
da tábua de bater a roupa ...
para espantar a sujeira rio abaixo...
a tecnologia para a sujeira sair e não voltar ao tecido.
alvejantes que tiram os peelings (bolinhas) das roupas.
É na trama e urdume que a água tem que passar e levar a sujeira.
Enxaguar o seu tempo, diminuir...facilitar na maquina de lavar roupas.
Cade seus segredos mulheres que limão e água quente tira gordura...
das manchas das canetas tinteiras nos bolsos.
da graxa, do molho de comida na roupa da criança.
Onde está tu mulher?
Olhando as estrelas a espera que sua secadora termine seu serviço,
pois seus filhos dormiram,
amanhã ao acordar,
ninguém vai perceber...
seus filhos de roupa alinhada, limpa passada, perfumada.
Coloque o salto apressadamente,
antes do trabalho, deixe seus filhos na escola.
Roupa suja se lava em casa.

GIL



Roupas no varal.

Ao sol, na chuva, ao vento, banhadas, secas
Balançam-se
Dançam-se
Renovam-se
Cores
Água.
Tempo.
Maria Terra

O varal

Estive olhando o varal
Com as roupas nele expostas
O vento batia naquelas peças...
Nada sentia

O vento batia nas minhas camisas
Nada sentia
As roupas dela também estavam lá
O vento batia nelas

Também não sentia nada
Mas quando uma peça caiu
Era dela!
Corri para apanhar...


O perfume dela, senti no ar!


Do mesmo jeito que a roupa branca é a indumentária de um médico, onde a limpeza extrema é a condição inerente à manutenção da saúde do paciente. Nunca pode ser pertinente a alguém que se dedique cegamente a reparar uma máquina que tem coisas que vão irremediavelmente macular a tal vestimenta branca de faz de conta. Depois do macacão branco, o que teriamos, luvinhas brancas cravejadas de pedras como as do Michael Jackson?

ROUPA
Me dispo
Me visto
Roupa lavada
Roupa alvejada
Roupa no varal
Roupa passada
Roupa amassada
Roupa no armário de pau
Roupa do dia a dia
Roupa da minha tia
Roupa social
Me dispo
Me visto
Com a roupa de pano
Com a roupa de todo o ano
Para fazer parte do total
Para pertencer ao rol
Dos bem apresentáveis exteriormente
Mas mais vale do que roupa
O que se passa no coração e na mente.
Alma Collins



everyculture.blogspot.com
www.fotolog.com
planettrine.com

Hoje , vamos escrever algumas curiosidades, de como por exemplo cuidar de suas roupas, já que falo tanto de roupas, tem uma curiosidade que aprendemos nas escolas, aliás algumas, quando queremos uma roupa totalmente branca e que não fique amarelada, precisamos ler no rótulo, de seu alvejante se é a base de "peróxido de hidrogênio", que nada mais é do água oxigenada, portanto não contém cloro e suas roupas não estragam e nem ficam amareladas com o tempo e ficam "brancas", e muito interessantes ler os rótulos dos produtos que vc usa, pesquisar no Google, o Santo da casa....rs...
Sempre uso shampoo que no rótulo não contém sal, pois meus cabelos são tingidos e sal desbota, então uso sem sal, já no detergente da cozinha existe uma grande quantidade de sal.
Portanto voltamos aos alvejantes, mesmo aqueles que estão escritos que não desbotam sua roupa colorida, realmente não desbotam, mas suas roupas não ficam com aquela cara de novinha mais.
Não usem cloro em suas roupas......leiam o rótulo.
Voces sabiam que o primeiro alvejante foi descoberto acidentalmente, o cavalo fez xixi e espirrou na roupa e a roupa ficou clara, tanto a urina animal como a nossa contém 90% e mais um pouquinho de água, uréia e ácido, vamos falar assim, passaram a coletar essas urinas e a urina deteriorada deve-se a ação de bactérias que provocam a amônia, que consequentemente a amônia e seus derivados são usados na agricultura como fertilizantes e muito usado em "produtos de limpeza"....só uma curiosidade.....rs...bem resumidinha engolindo um monte de informação......mas clareava as roupas dos nobres e mais poderosos.
O sabão de pedra começou sua produção com gorduras e cinzas.
O maior alvejante é o sol, porém seque suas roupas na sombra, ficam macias e não desbotam.
Nunca lave lã, seda roupas de coro na água.
As roupas da nobreza que vieram de Portugal para o Brasil, quando precisavam ser lavadas, demoravam 2 anos, pois iam até Portugal de Navio e voltavam.
Toda roupa vem com a etiqueta de lavagem é obrigatório, assim como a composição de tecido, isso facilita muito na hora de decidir como lavar as peças.



6 comentários:

  1. Ola muito legal esse post sobre cloro e a origem dos alvejantes, vou pesquisar mais fiquei curiosa. Aproveito para convida-la para conhecer os itens de luxo importados no meu blog: http://itensdeluxo.blogspot.com/
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá Gil
    Muito interessante, criativa e origina, a forma como você falou de uma coisa simples e trivial com tanto glamour, sofisticação e poesia.
    Parabéns, adorei.
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Oi Gil! Seu texto é ótimo como sempre.
    Super interessante. Eu sempre tenho o maior cuidado com as minhas roupas, mas vez por outra uma acaba se estragando. Conhecer e aprender é fundamental. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ai gil que luxo!!!!

    Amo suas postagem!!!

    Um dia iluminado a vc!!! Beijtios =D

    ResponderExcluir
  5. Adorei as imagens, os cachorrinhso então... lindos!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails